Depois eu acerto as finanças”; “quanto mais estoque, melhor”; “dinheiro da empresa é dinheiro do dono”; “investimento é gasto”; “vou insistir neste projeto, mesmo com prejuízo” e “atendimento é um detalhe” são afirmações que indicam que a sua empresa pode quebrar!

Alguns erros comuns podem fazer a gestão financeira se tornar um pesadelo na rotina de empresários e levar a empresa à falência. Você está passando por essa situação? Calma! Muitos já cometeram erros catastróficos e conseguiram tirar lições para uma nova empreitada. E você pode fazer o mesmo! Assuma a crise, não pense em dinheiro e sim em relações, reconstrua os objetivos com base no seu maior sonho, fique atento às oportunidades, procure evidências para ter sucesso e se baseie em exemplos de outras pessoas.

Você sabe dizer qual a motivação de abertura da sua empresa? A resposta para essa pergunta é o que move o empresário. Segundo pesquisa realizada pelo Sebrae, cerca de 25% deles começa errando logo no objetivo e são números preocupantes que vão de encontro aos dados de falência da empresa nos dois primeiros anos, que são de 50% em todo o país. Os motivos para o fechamento são inúmeros, mas lembre-se de que a necessidade financeira não pode ser o seu único entusiasmo! Outro ponto bastante importante, e que deve ser lembrado diariamente, é que os empresários precisam de ajuda para manter o seu negócio, seja dos funcionários, de programa de suporte ou até mesmo cursos de aperfeiçoamento. Saber ouvir e considerar a opinião de clientes, funcionários e outros, significa agregar valor à operação da empresa.

Evite cometer os 10 principais erros de gestão! Atente às dicas:

1. Tenha as informações corretas sobre seu financeiro (contas a pagar e a receber), valor dos estoques das mercadorias, das despesas fixas, etc;

2. Saiba se a empresa está ou não tendo lucro em suas atividades operacionais;
3.
 Calcule corretamente o preço de venda dos produtos e serviços, sabendo seus custos e despesas;
4.
 Conheça o volume, a origem dos recebimentos, a quantidade e o destino dos pagamentos;
5.
 Saiba o valor patrimonial da empresa;
6.
 Saiba quanto os sócios retiram de pró-labore, já que não existe um valor fixo para a remuneração deles;
7.
 Tenha conhecimento do custo das mercadorias vendidas ou do custo de seus serviços;
8. Saiba o valor das despesas fixas da companhia;
9. Saiba administrar corretamente o capital de giro, conhecendo o ciclo financeiro das operações;
10.
 Faça análise e planejamento financeiro com um sistema de informações gerenciais (fluxo de caixa, contas a pagar e a receber, relatórios).

Tenha acesso a todas as informações da sua empresa com GetControl em qualquer local e a qualquer momento! Com o sistema é possível ter acesso a todas as informações registradas de forma ágil, com mais segurança e praticidade, facilitando a organização e o gerenciamento. Descomplique a gestão de seu negócio com o GetControl!